Ministério do Trabalho assina NR dos frigoríficos



gestão / prevenção / conservação / manutenção








Histórias e Gente de Valor

etica
Reflexões

19/04/2013 - Ministério do Trabalho assina NR dos frigoríficos

Por enviado por Iago Chagas e Kaique Barbosa - TST da empresa ASE Mundoergonomia

Alterar tamanho da fonte: A+ | a-

A Norma Regulamentadora dos Frigoríficos (NR 36) foi assinada hoje pelo Ministro do Trabalho e Emprego Manoel Dias, em Brasília. Conforme explanou o Ministro, a lei será publicada no Diário Oficial da União nesta sexta feira e passa a vigorar em 90 dias. Os frigoríficos terão ainda 24 meses para se adequarem completamente a Norma.

A solenidade contou com sindicalistas ligados a CUT, além de alguns representantes da classe patronal e do governo federal. Segundo Célio Elias, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Criciúma e região, entidade que iniciou o debate para implantação da NR, presente no evento, a assinatura teve forte articulação e participação do político da região e chefe de gabinete do Ministro, Rodrigo Minotto.

“Devemos a ele esse emprenho para agilizar a assinatura de um documento histórico que irá melhorar as condições de trabalho nas empresas”, avalia Célio.

São em torno 900 mil trabalhadores em processamentos de carne em todo território nacional. No Sul do estado em torno de 6,5 mil. A NR foi debatida por um Grupo Tripartite desde 2010. Ela visa minimizar o número de doenças ocupacionais nos frigoríficos, segmento do setor econômico que retém o maior índice de doenças do trabalho no Brasil.

Segundo dados do Ministério do Trabalho somente em 2010, houve 30 mil afastamentos por motivos de doença, e 12 mil deles diretamente ligados a esforços repetitivos. No conteúdo, foram aprovados 16 artigos que devem contemplar principalmente três questões fundamentais para enfrentar a epidemia de lesões que vem atingindo os trabalhadores nas indústrias da alimentação: a redução da intensidade do ritmo e das longas e jornadas, ampliação das pausas e mudanças ergonômicas nos ambientes de trabalho.


reportagem - http://www.atribunanet.com/noticia/ministerio-do-trabalho-assina-nr-dos-frigorificos-90923


mais detalhes sobre a NR36 - http://www.cmqv.org/website/artigo.asp?cod=1461&idi=1&moe=212&id=19874

Comente este artigo:
* Nome:
E-mail:
Publicar E-mail:Sim   Nao   
* Comentário:
O que está escrito na imagem ?
 
Carla Gomes - 05/05/2015 06:21
Colega Oswaldo a NR36 não contempla LOCAIS DE TRABALHO mas sim ATIVIDADES Não importa onde ele está importa o que ele faz...se o trabalhador atua em manipulação de carne e derivados em frigorífico, açougue, supermercado ou padaria, ele está sob a PROTEÇÃO DA NR36.
Oswaldo - 05/06/2013 13:52
oswaldo.andorinhahipercenter@gmail.com
Gostaria de saber se esta lei contempla tambem os supermercados? Sim! Recentemente orientamos a área de carnes, peixes etc de uma grande rede que foi atuada, mesmo antes desta NR pois ela, na realidade apenas agrupa e acrescenta alguns detalhes. No caso foi a obrigatoriedade de assentos para descanso e aumentar conforto para o pessoal que trabalha de pé! E os assentos precisam estar de acordo com normas da Anvisa. Osny T Orselli

Notícias

Copyright © 2017 CMQV - Câmara Multidisciplinar de Qualidade de Vida. Todos os direitos reservados.
Website desenvolvido com tecnologia Super Modular