CONCEITO DE ERGONOMIA DO IEA – INTERNATIONAL ERGONOMICS SOCIETY

Falando sempre da nossa ERGONOMIA – Vamos trazer o conceito atual trazido pela IEA – International Ergonomics Association

Como sabemos, a palavra Ergonomia deriva do grego Ergon [trabalho] e nomos [normas, regras, leis]. É uma disciplina orientada para uma abordagem sistêmica de todos os aspectos da atividade humana. Para atuar nesse segmento, dada a sua amplitude e complexidade, é preciso que os profissionais envolvidos  tenham uma abordagem holística de todo o campo de ação da disciplina, tanto em seus aspectos físicos, mecânicos, biomecânicos, cognitivos, como sociais, organizacionais, ambientais, etc. Freqüentemente esses profissionais intervêm em setores particulares da economia ou em domínios de aplicação específicos.

De acordo com a IEA , de maneira geral, os domínios de especialização da ergonomia são:

Ergonomia física  –  está relacionada com às características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação a atividade física. Os tópicos relevantes incluem o estudo da postura no trabalho, manuseio de materiais, movimentos repetitivos, distúrbios músculo-esqueleticos relacionados ao trabalho, projeto de posto de trabalho, segurança e saúde.

Ergonomia cognitiva –  refere-se aos processos mentais, tais como percepção, memória, raciocínio e resposta motora conforme afetem as interações entre seres humanos e outros elementos de um sistema. Os tópicos relevantes incluem o estudo da carga mental de trabalho, tomada de decisão, desempenho especializado, interação homem computador, stress e treinamento conforme esses se relacionem a projetos envolvendo seres humanos e sistemas.

Ergonomia organizacional – concerne à otimização dos sistemas sóciotécnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processos. Os tópicos relevantes incluem comunicações, gerenciamento de recursos de tripulações (CRM – domínio aeronáutico), projeto de trabalho, organização temporal do trabalho, trabalho em grupo, projeto participativo, novos paradigmas do trabalho, trabalho cooperativo, cultura organizacional, organizações em rede, tele-trabalho e gestão da qualidade.

Nós, dentro de nossa experiência, não podemos deixar de acrescentar a que consideramos como a ERGONOMIA MÃE ou seja a que ramifica e orienta todas as outras divisões da e ou definições que é a ERGONOMIA DE CONSCIENTIZAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DA Ergonomia de Conscientização

Ergonomia de conscientização e a sua importância no ambiente organizacional – http://goo.gl/z7OIDj

Sem a cosncientização não há possibilidade de se aplicar nenhuma regra, nenhuma definição pois a Ergonomia está presente em nossa vida as 24 horas do dia, acordados ou dormindo, precisamos cuidar da nossa estrutura óesto muscular, do nosso meio ambiente, do nosso conforto e, apenas com a conscientização levaremos os ensinamentos para nossa vida, durante as 24 horas de cada dia.

Com a conscientização, as polêmicas técnicas sobre Laudos Ergonômicos, e Análises Ergonômicas e outras discussões temáticas reitóricas, também serão entendidas e solucionadas.

Boa ergonomia!

Osny Telles Orselli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *