Jornal o Prevencionista – edição 20 de março de 2020
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Jornal o Prevencionista – edição 20 de março de 2020

Estamos no Abril Verde, mês voltado à segurança do trabalhador. A campanha busca a conscientização de trabalhadores e empregadores quanto à melhoria das condições de trabalho, a redução dos acidentes e os agravos à saúde do trabalhador, além de mobilizar a sociedade para prevenção das doenças que ocorrem em decorrência do trabalho. O mês escolhido faz referência ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. No Brasil, a Lei n.º 11.121/2005 institui a celebração dessa data no dia 28 de abril

Em meio a essa pandemia que consideramos esquizofrênica, os cuidados com os trabalhadores dos estabelecimentos de serviços de saúde tem deixado MUITO A DESEJAR…

Infelizmente, muitos gestores nem conseguem  saber o tipo correto  de máscaras que seus profissionais necessitam usar. Isso é péssimo.

Enfim, para darmos enfase quanto e importância dessa “prevenção”, apresentamos a todos o jornal O Prevencionista que poderá auxiliar de forma significativa nas atividades com foco na prevenção de todos os nossos leitores.

Boa leitura

OsnyTelles Orselli

Do nosso Ponto de Vista…

Por Cláudio Antonio Dias de Oliveira/Editor de O Prevencionista/Coordenador SMS:

Poderia muito bem ficar no meu silencio, mas é impossível o meu silencio acerca de um apontamento realizado por uma de nossas leitoras, em nossa última edição, onde ficou incomodada com nosso apontamento na coluna “Lamentável” onde fizemos menção ao que circula nas redes sociais, onde registrou-se que há um contingente de Ministros e políticos interessados em afastar nosso Presidente da Republica de suas funções por período de 90 dias, em face de seu pronunciamento de desejar resolver a questão sócio econômica que esta pandemia pode gerar, o que particularmente classifico como um “golpe” em nossa Carta Magna e aqueles que o elegeram. Por outro lado, nossa leitora incomodou-se, com inserção de matéria que classifica como sendo de cunho religioso, convém lembrar que temos percorrido uma longa estrada nestes últimos anos, mais de 3 décadas, mantendo o foco nas informações concernentes ao segmento de caráter técnico e legal. Manifestamos sim nosso posicionamento quanto ao que é divulgado de forma positiva ou negativa por empresas, profissionais, segmentos, governo e autoridades que envolvam e afetem a sociedade e cidadãos. Quanto as mensagens que classificamos como sendo de auto ajuda, que por ela classificada como “religiosa”, as mesmas tem em sua inserção apontamentos bíblicos como referencia, o que não registra ou classifica como oriunda de religiosidade, que por sinal gera para alguns intolerância e para outros tolerância e, de modo pessoal classifico como estilo de vida, particularmente respeito toda forma de crença, pois Deus é único e, somos querendo ou não projeto D’Ele, instrumentos da vontade D’Ele, imagem e semelhança D’Ele, afinal somos D’Ele e, para Ele… Nestes anos muitas foram as criticas de alguns com relação a esta importante coluna, que por sinal deve incomodar este tipo de contingente de pessoas, certo é que o ser humano é uma caixinha de surpresas, agradamos alguns, desagradamos a outros e, nisso convém lembrar que destes, alguns alicerçaram seus conceitos em quantidade e não qualidade e, enquanto por Ele for permitido, aqui estaremos para falar D’Ele, como dever e, com a obrigação de bem servir, tentando ser melhores a cada novo dia.

Que Ele tenha misericórdia de todos nós, nos perdoe, graça, comunhão e paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!