Respiradores falsificados / falsas declarações de aprovação da NIOSH
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Respiradores falsificados / falsas declarações de aprovação da NIOSH

Os respiradores falsificados são produtos falsamente comercializados e vendidos como aprovados pelo NIOSH e podem não ser capazes de fornecer proteção respiratória adequada aos trabalhadores.
Quando o NIOSH tomar conhecimento de respiradores falsificados ou de deturpação da aprovação do NIOSH no mercado, os publicaremos aqui para alertar usuários, compradores e fabricantes.

Como identificar um respirador aprovado pelo NIOSH:

Os respiradores aprovados pelo NIOSH têm uma etiqueta de aprovação na embalagem do respirador (ou seja, na própria caixa e / ou nas instruções do usuário). Além disso, uma aprovação abreviada está no próprio FFR. Você pode verificar o número de aprovação na lista de equipamentos certificados pelo NIOSH (CEL) ou na página de fonte confiável do NIOSH para determinar se o respirador foi aprovado pelo NIOSH. Os FFRs aprovados pelo NIOSH sempre terão uma das seguintes designações: N95, N99, N100, R95, R99, R100, P95, P99, P100.

Sinais de que um respirador pode ser falsificado:

  • Nenhuma marca no respirador da peça facial filtrante
  • Número de aprovação (TC) no filtro da máscara ou na faixa da cabeça
  • Nenhuma marca NIOSH
  • NIOSH escrito incorretamente
  • Presença de tecido decorativo ou outros complementos decorativos (por exemplo, lantejoulas)
  • Pedidos de aprovação para crianças (o NIOSH não aprova nenhum tipo de proteção respiratória para crianças)
  • O respirador da peça facial de filtragem possui alças para as orelhas em vez de bandanas

Dicas adicionais para detectar respiradores falsificados antes de comprar

Este é um exemplo de deturpação de um produto aprovado pelo NIOSH. Os produtos fabricados pela Jiangyin Chang-hung Industrial ou com a etiqueta GRANDE NÃO são aprovados pela NIOSH. Os números listados na embalagem, TC-84A-4503, -84A-4639, -84A-4643 e -84A-4646, não são números de aprovação válidos pelo NIOSH. (14/5/2020)

TODAS AS INFORMAÇÕES PODEM SER VISTAS NESTE LINK

ainda:

  • Verifique se o fabricante já comercializa ou possui regularização ou certificação de conformidade em outros países.
  • No caso do Brasil, consulte o site do Inmetro. Na busca por produto, selecione “Equipamento de Proteção Individual – Peça semifacial filtrante para partículas” ou consulte pelo nome do fabricante.
  • Para verificar respiradores regularizados nos Estados Unidos, você pode verificar os modelos aprovados por fabricante no site do CDC.
  • Solicite os laudos de atendimento da norma ABNT NBR 13698 ou equivalente, em especial do teste de eficiência de filtração. Você pode verificar se algum órgão de governo nacional ou internacional fez avaliações sobre isso. O NIOSH (National Institute for Occupational Safety and Health – Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional), que integra o CDC, disponibilizou os resultados de avaliação de eficiência de filtração para modelos de alguns fabricantes internacionais que, apesar de não serem aprovados ordinariamente para a comercialização no mercado americano, estão sujeitos a uma autorização emergencial. Você pode verificar o resultado dos laudos aqui.

Algumas instituições de ensino e pesquisa, como laboratórios de universidades, têm realizado ensaios independentes sobre máscaras recebidas que podem indicar possíveis não conformidades no processo de fabricação das máscaras N95 ou PFF2. Caso você verifique elementos que levem à conclusão de que uma máscara não cumpre os requisitos ou é falsificada, apresente sua denúncia à Ouvidoria da Anvisa por meio de formulário eletrônico com o máximo de informações (sobre produto, fornecedor e fabricante, bem como fotos e laudos), de modo que possa ser realizada a avaliação.

 Célia Wada – CRF-SP 7043

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!