Coronavirus sob o aspecto pandemico – esquizofrênico
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Coronavirus sob o aspecto pandemico – esquizofrênico

Acreditamos ser muito importante trazermos esse artigo para tentarmos esclarecer e amenizar o que consideramos como uma PANDEMIA ESQUIZOFRÊNCIA

CORONAVIRUS

Essa gripe é perigosa?

Nossa resposta: DEPENDE!

Colocaremos nosso ponto de vista técnico pessoal e, abaixo, informações técnicas objetivas.

O vírus não é letal.

Letal e apavorante é a intenção que existe por trás de toda essa “pandemia esquizofrênica” onde são dispersadas milhões de fakes absurdas. 

Cuidados com higiene são transmitidos e ensinados como se fossem alguma novidade científica quando são APENAS hábitos óbvios de higiene. Isso tudo é muito triste, estão enfraquecendo o sistema imunológico da população pelo medo! Contra isso NÃO HÁ Remédio!

Estamos em meio a um surto? Sim, porém, transmitir pânico não vai resolver, muito pelo contrário, vai fazer com que as pessoas adoeçam mais fácil e, ainda, infelizmente, aqueles que forem mais frágeis emocionalmente.

Quem está fazendo isso? Por que? Para que?

Estamos em uma crise? Vamos ajudar passando a verdade e orientando de forma objetiva.

Se repararem, a cada ano temos uma modalidade de patologias novas.  Dengue, Ebola, Aids, e muitos outros…será que desapareceram? Não, ainda estão aí mas seu pânico” já baixou. Não se ganha mais dinheiro com isso MAS, a quantidade de pessoas com dengue aumenta…casos de Aids até em crianças continuam, mortes por falta de comida aumentam no mundo assustadoramente e o que é feito?

A dengue maltrata a pessoa e pode ser fatal quando as condições do indivíduo são precárias. QUALQUER gripe pode ser fatal dependendo do sistema imunológico da pessoa e é isso que está acontecendo nessa “pandemia esquizofrênica” pela qual estamos passando!

Cabe a nós acabar com esse Pânico irracional e jamais colaborar com ele!

Estou assustada sim com essas informações absurdas! Com pessoas usando máscaras induzidas por mídias aleatórias. Ninguém explica por que usar mascaras, simplesmente, dizem para que se use.

Eu pergunto: usar mascaras para que? Sim porque se for para se proteger do vírus é necessário que seja a mascara especial a N95 porque essa mascara comum cirúrgica tem os poros muito maiores que o vírus. Seria como usar uma peneira de buracos imensos para peneirar farinha!  Usar máscara para proteger as pessoas que estão aos seu lado? Você está contaminado?

Querem alguma coisa assustando a população e até aqueles que se dizem mais técnicos!

Bolsas despencando! Dólar subindo! A nível mundial quando se for realmente analisado, o surto existe mas, sempre temos surtos mas nunca com informações tão desequilibradas. O vírus é Letal? Depende!

Qualquer virose pode ser letal dependendo de quem a adquire e para o Conav19 o índice de letalidade muito inferior ao H1N1, Inlfuenza B entre outros!

Nós fizemos uma reunião com o dr. Luiz Gustavo Goes ele estuda essa família de vírus há mais de 20 anos! Temos que ajudar acabar com essa neurose porque isso sim vai acabar com toda população!

Grande mobilização para prevenção: LAVAR AS MÃOS, NÃO TOSSIR OU ESPIRRAR NO ROSTO DAS PESSOAS. ISSO NÃO É NOVIDADE, ISSO É BONS MODOS E HIGIENE!

Infelizmente não temos controle do que sai nas mídias. Seria muito bom se todos ajudassem ao combate aos fakes.  O Ministério da Saúde está muito preocupado com isso tanto que criou um setor para que todos buscassem as informações corretas –  

Criamos também um canal – Fato ou Fake para que nossos leitores tragam suas dívidas e, se for de nosso total embasamento, responderemos.

As publicações existentes são motivos de mídias. A Veja publicou  Coronavírus: após casamento milionário, Gabriela Pugliesi testa positivo  

https://veja.abril.com.br/saude/coronavirus-gabriela-pugliesi-tem-resultado-positivo/

Outra publicação: Coronavírus: o que fazer com seus investimentos em bolsa – https://epocanegocios.globo.com/Mercado/noticia/2020/03/coronavirus-o-que-fazer-com-seus-investimentos-em-bolsa.html?utm_source=notificacao-geral&utm_medium=notificacao-browser

Esta quinta-feira (12/03) marcou mais um dia de caos no mercado financeiro mundial. As negociações na bolsa brasileira foram paralisadas duas vezes, o que não ocorria desde 2008. O pregão fechou com queda de 14,76% no Ibovespa, que recuou a 72 mil pontos. Se você tem dinheiro investido em renda variável, deve estar se perguntando o que fazer. 

O que fazer?

Não disseminar o pânico, apenas, prevenir da mesma forma que em tantas outras ocorrências…

Boa alimentação, higiene, pensamento positivo construtivo. Ações que devem fazer parte da vida de cada um, ser rotina e não protocolo de emergência!

Informações técnicas

Os coronavírus são um grupo de vírus de genoma de RNA simples de sentido positivo (serve diretamente para a síntese proteica), conhecidos desde meados dos anos 1960. Pertencem à subfamília taxonómica Orthocoronavirinae da família Coronaviridae, da ordem Nidovirales.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida. Eles são uma causa comum de infecções respiratórias brandas a moderadas de curta duração. Entre os coronavírus encontra-se também o vírus causador da forma de pneumonia atípica grave conhecida por SARS.

Existem sete cepas conhecidas de coronavírus humanos, e todas elas evoluíram de coronavírus de outros animais

Estudos sugeriram que o vírus tenha divergido da versão que parasita morcego e transmitido aos humanos por um animal ainda desconhecido.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 

Coronavírus é tema de encontro no Sindusfarma

O Sindusfarma e a Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil (ACFB) organizaram a “Conferência Coronavírus: aspectos científico, epidemiológicos, clínicos e terapêuticos”, para debater os riscos de uma pandemia de coronavírus. O evento realizado nesta quinta-feira (30) foi coordenado pelo vice-presidente da ACFB, Prof. Lauro Moretto.

30.01.2020 – Realizada a Conferência: CORONAVIRUS Aspectos científicos, epidemiológicos, clínicos e terapêuticos

Este evento foi realizado pela Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil e o Sindusfarma, através do Protocolo de Cooperação Técnica.

A Conferência expôs assuntos relacionados com a pandemia de CORONAVIRUSdesde sua caracterização biológica aos principais aspectos relacionados com a epidemiologia, clinica e terapêutica, tomando-se por base o estágio atual dos conhecimentos, abaixo, disponibilizamos as apresentações para download.

Palestra: Histórico, conceituação e classificação de coronavírus. Ministrante: Dr. Luiz Gustavo Bentim Góes

Palestra: Aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos relacionados ao coronavírus. Ministrante: Prof. Edimilson Migowski

Palestra: As expectativas atuais de prevenção ao coronavírus Ministrante – Prof. Marco Antonio Stephano

Iniciando as atividades o Prof. Dr. Lauro D. Moretto (Presidente Emérito da ACFB), deu as boas-vindas aos participantes, apresentando-lhes os ministrantes e a Programação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!