MORTE DE MANABU MABE
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

MORTE DE MANABU MABE

Contando sobre Manabu Mabe – Manabu Mabe morre aos 73 anos em SP

O artista plástico japonês naturalizado brasileiro Manabu Mabe, 73, morreu ontem, às 13h, no hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, onde estava internado havia 25 dias.
As causas da morte do artista foram septicemia (infecção generalizada), linfoma (tumor nos gânglios linfáticos), diabetes melitus e problemas relacionados a um transplante renal.
O velório estava previsto para acontecer, das 21h de ontem até as 13h de hoje, na Assembléia Legislativa de São Paulo.
O enterro deve ser realizado hoje, às 14h, no cemitério Congonhas, no Morumbi, zona sudoeste da cidade.
Manabu Mabe era casado com Yoshino Mabe, 67, e tinha três filhos: os gêmeos Joh Mabe e Ken Mabe, 46, e Yugo Mabe, 43, também artista plástico.
Lavoura e pintura
Um dos artistas plásticos brasileiros de maior sucesso internacional, Manabu Mabe nasceu em Kumamoto, no Japão, em 14 de setembro de 1924.
Com dez anos de idade, veio para o Brasil com os pais e três irmãos para trabalhar numa lavoura de café em Lins (453 km a noroeste de São Paulo), onde começou a pintar.
Em meados da década de 40, já pintava naturezas-mortas e paisagens num ateliê improvisado no próprio cafezal.
Em 1956, foi convidado a participar da Bienal de Arte do Japão. Em 1958, mudou-se para São Paulo, onde criou a maioria de suas obras.
Foram tantos os prêmios recebidos por ele que a revista norte-americana “Time” dedicou ao artista uma matéria intitulada “1959: The Year of Manabu Mabe” (1959: O Ano de Manabu Mabe).
Uma das maiores perdas sofridas pelo artista ocorreu em 1979, quando um avião cargueiro da Varig, que fazia a rota Los Angeles-Tóquio, caiu no mar com mais de 50 telas do artista que estavam em exposição pelo mundo. Todas as telas foram perdidas.
Um de seus trabalhos mais recentes foi a idealização das novas vinhetas da Rede Manchete de Televisão, ainda nesse ano.

Mercado 
Responsável pela venda de algumas obras de Manabu Mabe, o galerista Peter Cohn, proprietário da galeria Dan, afirma que o artista “tinha uma tabela de preços respeitada”. “O valor de suas obras varia entre US$ 13 mil e US$ 90 mil, tanto no Brasil quanto no exterior”, diz Cohn.
Mabe também realizou diversas individuais na galeria André, em São Paulo, onde estão cerca de 20 trabalhos do artista, avaliados entre US$ 10 mil e US$ 37 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!